DÚVIDAS FREQUENTES

QUAL A FORMAÇÃO E O QUE O MÉDICO RADIOLOGISTA FAZ?

O Radiologista é um médico que além de cursar a faculdade de Medicina, especializou-se em Radiologia e Diagnóstico por Imagem, sendo que muitos deles dedicaram anos extras com subespecializações e estágios no exterior. Todo o processo de formação acadêmica dura cerca de 10 anos para poder realizar o exame, interpretá-lo e sugerir seu diagnóstico. Pode atuar com os métodos de RX, Ultrassom, Tomografia Computadorizada e Ressonância Magnética. Têm uma visão global de qual o melhor exame de imagem é indicado para você e para descobrir seu problema, assim como os riscos e contra-indicações. Pode muitas vezes combinar os métodos, de forma a extrair a melhor informação de cada um deles em seu benefício.

DEVO ESCOLHER O LOCAL E O PROFISSIONAL QUE IRÁ ANALISAR/ RELATAR MEU EXAME?

Sim, assim como você escolhe seu clínico ou cirurgião você pode escolher e tirar dúvidas com seu radiologista. Em relação ao local, muito mais que um bom café, priorize centros que disponibilizem sempre tecnologia de "ponta" e preocupem-se com protocolos de segurança. Quanto ao Radiologista, peça sugestão de seu médico! Da mesma forma que as demais especialidades médicas, os Radiologistas também subespecializam-se em áreas e sistemas do corpo humano! Lembre-se que máquinas melhores ajudam a fornecer boas imagens e informações de qualidade, mas o diagnóstico é dado exclusivamente pelo Radiologista. Só ele será capaz de interpretar as imagens, dar sentidos a todos os sinais, correlacioná-los com seus sintomas e propor o diagnóstico correto.

OS EXAMES DE ULTRASSONOGRAFIA SÃO REALIZADOS POR MÉDICOS? ELES INFLUENCIAM NOS RESULTADOS?

Sim , no Brasil, os exames de ultrassonografia são realizados por médicos. Mais marcante que nos demais métodos,  o ultrassom é extremamente depende do seu operador (Radiologista) tanto para a aquisição e interpretação das imagens. Atualmente, este método destaca-se dentre os demais por permitir análise em movimento das estruturas (em tempo real) através de manobras escolhidas na hora do exame (doenças e indicações específicas). Também permite arquivamento do estudo em vídeo, possibilitando melhor entendimento da doença pelo médico solicitante e dinamismo à visualização.